CERTI

Dados Gerais

• Organização privada, sem fins lucrativos

• Objetiva apoiar as empresas e instituições na inserção de conhecimento e tecnologia em seus produtos e processos, por meio de projetos para os setores público e privado, e de ações para a valorização de políticas de relacionamento das organizações com seu público-alvo.

• Criada em 1984 nas dependências do Laboratório de Metrologia e Automatização (Labmetro) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), desenvolvendo bancadas automatizadas de testes, equipamentos de medição e projetos de automação da medição.

• Desde a década de 90 prestando serviços metrológicos de alto nível, com ênfase na calibração, tendo atualmente todo o seu escopo acreditado pelo INMETRO.

• Atualmente opera instalações próprias, no Campus da UFSC, em Florianópolis. Em função de demandas empresariais, a Fundação estabeleceu em Manaus e em Brasília institutos tecnológicos que atuam em áreas semelhantes e complementares, respectivamente, o Instituto CERTI Manaus e o Instituto Sapientia.

• Diversas parcerias internacionais como MIT, PTB, WZL, Fundación CEPA, Universidade de Dresden, Institutos Fraunhofer (IZM, IPA, ENEAS,…), IASP-LA, dentre outras, sempre trazendo experiência ampla na cooperação com governo e empresas, para desenvolvimento de produtos, processo produtivo e negócios para o Brasil.

Competências
A Fundação CERTI é organizada em Centros de Referência, sendo eles:

• Energia Sustentável – soluções para redes inteligentes, eficiência energética em edificações e sistemas de iluminação eficiente.

• Metrologia e Avaliação da Conformidade – Soluções de referência em Tecnologias Industriais Básicas, integrando inspeção, calibração e medição, treinamentos e assessorias e projetos específicos e estruturantes para redes e laboratórios.

• Instrumentação e Automação – Integração de sensores inteligentes, sensoriamento ambiental e automação de testes e medições em bancadas e em campo.

• Garantia da Qualidade – projetos para a garantia de qualidade no desenvolvimento de novos produtos e na produção, qualificação de fornecedores e sistemas de controle industrial.

• Convergência Digital – Soluções integrando tecnologias da informação e comunicação, desenvolvimento de software, Internet e provisionamento de serviços para inserção em produtos conectados.

• Mecaoptoeletrônica – Soluções que integram dispositivos avançados de eletrônica, mecânica, óptica e comunicação, gerando produtos e sistemas inteligentes.

• Garantia da Qualidade – Métodos e Sistemas da Qualidade no desenvolvimento de produtos, fornecedores e processos produtivos, visando garantia, melhoria e redução dos custos da qualidade.

• Manufatura Industrial – Estruturação de processos industriais, unidades fabris e sistemas integrados de manufatura com destacado conteúdo tecnológico e de inovação.

• Empreendedorismo Inovador – Transformação de conhecimento científico e tecnológico aplicado a negócios inovadores, incubadoras, parques e polos tecnológicos, clusters, dentre outros, que resulte no Desenvolvimento Tecnológico Regional.

• Edutenimento – Convergência entre educação e entretenimento com uso de avançados recursos de tecnologia da informação / comunicação e novas mídias interativas, visando à transformação comportamental e cultural de Comunidades de Prática.

• Farmacologia Pré-clínica – Estudos e avaliação em Farmacodinâmica e Toxicologia, segundo padrões e normas internacionais, para suporte referencial ao desenvolvimento de fármacos pela indústria nacional e instituições de P&D.

Principais exemplos de produtos para o mercado

• Urna Eletrônica Brasileira – PROCOMP: Atuou como parceira tecnológica da empresa vencedora em dois editais internacionais no desenvolvimento do hardware e dos processos de produção das urnas eletrônicas brasileira.

• Set-Top Box para TV Digital – PHILIPS: conversor que permite que televisores analógicos recebam o sinal da TV digital operando no padrão brasileiro SBTVD.

• Mesa Interativa Cognus – SABIA: Desenvolveu equipamento interativo com conceito inovador, voltado para a educação e o trabalho colaborativo de alunos e trabalhadores.

• Segurança Patrimonial Eletrônica – INTELBRAS: Identificou e qualificou oportunidades de novo segmento de mercado em equipamentos para segurança patrimonial eletrônica.

• Impressora Comercial – BEMATECH: Desenvolveu parcialmente uma plataforma de impressoras térmicas de cupons fiscais e tickets em aplicações comerciais para o mercado mundial.

• Sistema Produtivo para Telefone Customizado – CELPLAY: Concebeu e implantou o sistema produtivo no conceito de produção “puxada pela demanda”, em pequena escala, com um ágil processo de logística.

Principais Projetos Mobilizadores

• Laboratório de Biocombustíveis – ANP/MCT/FINEP: Operacionalizou projeto para capacitar 35 laboratórios em 23 Estados Brasileiros para que realizem ensaios em biodisel e etanol, em conformidade com requisitos internacionalmente aceitos, e que estejam aptos a solicitar acreditação junto ao INMETRO.

• Laboratórios-fábrica de Placas Eletrônicas: Operacionalizou um processo de geração e implantação de soluções tecnológicas em projetos e manufatura da eletrônica de produtos e processos, como suporte efetivo às empresas brasileiras, na produção competitiva em pequenas séries.

• Fábricas Manufatureiras: Concebeu e elaborou o pré-projeto de unidades industriais de referência com tecnologias de vanguarda, para sete setores produtivos, a serem implantadas na América Latina.

• Empreendimentos com Sustentabilidade – PETROBRAS – Ambiental: Concebeu e implementou uma unidade de conservação de recursos hídricos no semi-árido brasileiro a partir do aproveitamento do rejeito de dessalinização, gerando um modelo sustentável e replicável em outras regiões.

• Sinapse da Inovação: Concebeu, desenvolveu e operacionalizou um processo de estímulo, orientação, captação e seleção de ideias de empreendimentos inovadores, visando aceleração do desenvolvimento de uma corporação/arranjo produtivo/região.

• Incubadoras de Empresas Inovadoras – Agências de Desenvolvimento Regional: Desenvolveu, a partir da prática vivenciada com a incubadora CELTA, gerenciada pela CERTI, inúmeros projetos/consultorias para dinamização de incubadoras tecnológicas no país e no exterior.

• Parques Tecnológicos – Agências de Desenvolvimento Regional: Estabeleceu, utilizando experiências na operação do ParqTec Alfa e Sapiens Parque, cooperações técnicas em iniciativas semelhantes em várias regiões do Brasil.

Principais Prêmios recebidos:

• Prêmio FINEP Inovação Tecnológica Região Sul: Concedido pela FINEP na categoria Instituição de Pesquisa, pelo 1° lugar na Região Sul e Menção Honrosa a nível Nacional em 2005. Também vencedor na Região Sul em 2009.

• Prêmio FINEP Nacional de Inovação Tecnológica: Em 2009, a CERTI conquistou o mais importante prêmio de inovação no Brasil, na categoria Instituição de Ciência e Tecnologia.

• Prêmio Banas Excelência em Metrologia: Conferido à Fundação CERTI, pela organização na implementação e manutenção de seu Sistema da Qualidade Laboratorial em 2007.

• Prêmio Von Martius de Sustentabilidade 2009: Conferido pela Câmara Brasil-Alemanha, que premiou o Projeto “Água: fonte de alimento e renda – uma alternativa sustentável para o semiárido”, parceria entre CERTI, UFSC e UFCG, na categoria Tecnologia.

• Prêmio Melhor Incubadora do Ano: Conferido pela ANPROTEC ao CELTA — Incubadora da CERTI — em 1997, na primeira edição do Prêmio, em 2006, e em 2011, quando a incubadora completou 25 anos.

• Prêmio A Rede: Momento Editorial conferiu 1º lugar ao Projeto “Sapiens Circus – Gincana do Milênio”, na modalidade Terceiro Setor em 2008.

• Prêmio Yehan Numata de Tecnologia: Colaboradores da CERTI foram vencedores da edição nacional do concurso da Mitutoyo do Brasil nas edições 1986, 1987, 1988, 2007 e 2009.

• Melhor Projeto de Promoção da Cultura do Empreendedorismo Inovador – Anprotec: O projeto Sinapse da Inovação, executado pela CERTI, foi premiado em 2009 pela Anprotec, durante o XIX Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas. Em 2010, o Projeto Promoção da Internacionalização de MPEs catarinenses por meio da estruturação do ENI – Escritório de Negócios Internacionais no CELTA, foi o vencedor na mesma categoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s